Mesmo sendo considerada uma cirurgia simples, a lipoaspiração requer alguns cuidados no pós-operatório. Em primeiro lugar porque o corpo precisa se recuperar da intervenção cirúrgica a qual foi submetido e, em segundo, para que o resultado seja satisfatório. A recuperação deve, portanto, ser feita de forma responsável, seguindo todas as orientações médicas e cumprindo os prazos de repouso obrigatório.

Após a cirurgia é comum aparecerem hematomas e inchaço na área operada. Para diminuir esse edena são recomendadas sessões de drenagem linfática manual. Mas atenção: drenagem linfática MANUAL. Isso porque em alguns casos de fibrose – processo de cicatrização em que aparecem irregularidades na região operada – alguns médicos recomendam a realização de drenagem linfática com ultrassom. Mas é importante lembrar que esse procedimento feito em excesso pode causar flacidez. Além disso, é importante que a técnica seja realizada com cuidado e com movimentos mais delicados. Por isso é indicado dar preferência à técnica manual. Be aware of a free spin no deposit uk

A drenagem linfática manual ajuda a minimizar o acúmulo de líquido, a harmonizar a pele e a eliminar o excesso de líquidos e toxinas do organismo. A data certa para começar a fazer drenagem e a quantidade de sessões devem ser indicadas pelo seu cirurgião plástico. Mas, normalmente, são feitas, em média, 10 sessões, que são iniciadas 3 dias após a cirurgia.

Os benefícios da drenagem linfática manual pós-lipo são:

  • prevenir ou desfazer fibroses;
  • dissolver nódulos, auxiliando na remodelagem do corpo;
  • acelerar a cicatrização, estimulando a produção de colágeno;
  • reduzir o inchaço, ativando a circulação sanguínea;
  • aliviar a dor pós-operatória e a inflamação no local.
WhatsApp chat