Após a cirurgia de lipoaspiração ou hidrolipo, é normal aparecerem efeitos colaterais, como dores, edema e equimoses. A fisioterapia especializada tem como objetivo identificar e conduzir, da melhor forma, a fase cicatricial que o corpo está passando. Para isto, é de extrema importância que os cirurgiões plásticos estejam atualizados sobre as técnicas fisioterapêuticas, de modo a indicar fisioterapeutas especializados para conduzir o pós operatório.

Dentre as principais condutas utilizadas como tratamento fisioterapêutico pós-lipo, pode-se citar a LTF (liberação tecidual funcional), que consiste em uma estratégia de terapia manual, especificamente para tecidos cicatriciais, com objetivo de conduzir a reparação tecidual da melhor forma; tape mecânico intraoperatório, que visa o controle do processo inflamatório; drenagem linfática manual (quando houver necessidade); fotobiomodulaçao (laser e led); terapia compressiva e exercícios terapêuticos. 

Na CPA-Rio, você vai encontrar médicos especializados, todos membros da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, prontos para atender às suas necessidades. Com uma estrutura impecável, nossas clínicas possuem fisioterapeutas especializados para conduzir  o seu pós-cirúrgico. O diálogo médico-paciente-fisioterapeuta é um dos principais diferenciais da CPA-Rio que proporciona os mais altos resultados na sua cirurgia. Esta contribuição na otimização do resultado acaba leva à alta satisfação dos pacientes. Acesse nosso site e venha nos conhecer.

 

WhatsApp chat