Uma das cirurgias mais procuradas no Brasil e no mundo, a rinoplastia, ou cirurgia plástica no nariz, pode ser feita tanto por motivos estéticos quanto por motivos funcionais, como a correção do desvio de septo e a tubinectomia (retirada da carne esponjosa).

Os casos estéticos estão ligados ao aumento ou redução do nariz, ao afinamento das asas nasais (narinas), à projeção da ponta do nariz ou seu afinamento e à redução da giba ou calo ósseo.

O ideal é a realização do procedimento em pessoas acima de 15 anos, pois esta é a idade quando o desenvolvimento facial do ser humano está completo.

 

Como é feita a cirurgia

Existem duas técnicas: a fechada e a aberta.

A endonasal (ou fechada) tende a ser mais rápida. O cirurgião aplica pequenas incisões na base e nas extremidades do nariz e faz a cirurgia, sem olhar o órgão por dentro. Ela dura cerca de uma hora e o paciente volta para casa no mesmo dia. Além disso, o resultado aparenta um nariz mais natural e sem cicatriz aparente.

No caso da rinoplastia exonasal, há a abertura da pele e o médico consegue avaliar o nariz por dentro, fazendo as modificações necessárias. Desta forma, é possível um ajuste com mais precisão do seu formato e uma melhor avaliação da cartilagem e do osso nasal. A duração é de aproximadamente duas horas.

 

Rinoplastia e Tecnologia

Cirurgias no nariz são feitas desde o século XIX e, com o desenvolvimento das técnicas que vêm sendo aperfeiçoadas, aumentou a garantia de melhores resultados, no que diz respeito à rapidez, ausência de dor e eficácia.

Isso, porque é muito importante o cálculo das proporções em relação à simetria e as medidas do rosto, para adequar as possibilidades aos desejos dos pacientes. No entanto, é importante lembrar que esses cálculos fornecem apenas uma estimativa.

A CPA-Rio realiza a cirurgia de rinoplastia com excelência e segurança. Aqui, todos os médicos são membros da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP). Acesse nosso site e marque uma consulta.

WhatsApp chat